Instalação do Virtus vai potencializar fixação de mão de obra em CG

06 abr 2016

O centro de pesquisa e desenvolvimento que será inaugurado nesta quinta, 07 de abril, às 11h, no Centro de Inovação e Tecnologia Telmo Araújo (CITTA), já conta com uma carteira de serviços contratados.



​                               O Virtus está instalado dentro do CITTA

 

“O VIRTUS será responsável pela fixação de mais de 200 profissionais em Campina Grande, totalizando R$ 10 milhões de reais em gastos diretos por ano”. A afirmação é da diretora geral da Fundação PaqTcPB e presidente do Conselho do Centro de Tecnologia e Inovação Telmo Araújo (CITTA), Francilene Procópio Garcia, sobre a inauguração e instalação do Núcleo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Tecnologia da Informação, Comunicação e Automação (VIRTUS), em Campina Grande.

De acordo com ela, isto deve-se à carteira de projetos já contratados, acima de 18 milhões de reais, que o VIRTUS vai operar. “O VIRTUS possui, atualmente, diversos projetos em execução que reúnem recursos de Lei de Informática e recursos EMBRAPII, garantindo ainda mais valor agregado aos seus clientes” pontuou.

O VIRTUS é parte do Centro de Engenharia Elétrica e Informática (CEEI) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e está localizado dentro do Centro de Inovação e Tecnologia Telmo Araújo (CITTA) – um ambiente apoiado pelo Governo do Estado da Paraíba, Prefeitura Municipal de Campina Grande, FINEP/MCTI e que integra a Rede do Programa InovAtiva do MDIC.

Francilene Garcia destacou que “o VIRTUS foi concebido para acolher de imediato 150 profissionais altamente qualificados (graduados, mestre e doutores). O núcleo possui uma infraestrutura que conta com mais de 1000 metros quadrados de laboratórios com equipamentos de última geração, segurança da informação e diversas salas de vídeo conferência para garantir comunicação constante e irrestrita com clientes globais. “Foram investidos R$ 3,5 milhões de reais para a obtenção destas instalações, com recursos oriundos da parceria com a iniciativa privada” reforçou.

Com a visão de se tornar referência internacional em desenvolvimento e inovação tecnológica, o VIRTUS foi fundado por pesquisadores do CEEI com mais de 15 anos de experiência em projetos de pesquisa e desenvolvimento, com foco em geração de valor e diferencial competitivo para grandes empresas do setor industrial. Seu principal diferencial é a excelência operacional para a execução de projetos, compatível com o nível esperado pelas empresas. A parceria com institutos privados, tais como o Instituto Venturus e o Instituto Nokia de Tecnologia respaldam a qualidade operacional, aliada à reconhecida competência técnica de seus pesquisadores e o suporte administrativo do Parque Tecnológico da Paraíba.

Como parte do CEEI, os projetos desenvolvidos no VIRTUS podem receber recursos da EMBRAPII através da Unidade EMBRAPII CEEI-UFCG, o que representa mais um diferencial para clientes em busca de competência técnica e inovação de produtos através do uso de recursos financeiros não reembolsáveis.

Após instalado e em operação, o VIRTUS será uma opção única no Brasil em suas áreas de atuação, apresentando-se como parceiro preferencial de empresas que buscam, em um mesmo lugar, a convergência entre excelência de pesquisa e a entrega de valor para o mercado em forma de produtos e novos negócios.

CENÁRIO FAVORÁVEL – A atração de instrumentos do porte do VIRTUS para a Paraíba, deve-se sobretudo a iniciativas e políticas “de pavimentação” importantes para a ambiência local, a exemplo da materialização do CITTA, o qual é fruto de uma parceira que teve o fundamental apoio do Governo do Estado, desde a desapropriação da área até toda implantação da sede da área administrativa.

Conforme  Francilene Garcia, que também é Secretária Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Paraíba “o Governo do Estado tem sido um parceiro importante nas ações de articulação das instâncias públicas da federação que apoiam o polo tecnológico de Campina Grande e também da iniciativa privada, uma vez que todos os projetos contratados no ambiente do CITTA são oriundos de programas como a renúncia fiscal da Lei da Informática que atrai grandes empresas nacionais e internacionais para nosso estado e também empreendimentos como é o caso dos apoios recebidos via unidade Embrapii que de alguma maneira contribui na subvenção de um terço dos projetos contratados pelas empresas nacionais que buscam por inovações na área de tecnologia da informação” declarou incisiva.

Neste cenário, “é fundamental destacar a presença da mão de obra qualificada egressa da Universidade Federal de Campina Grande e de seus pesquisadores, é importante destacar a presença do apoio da Fundação PaqTcPB e de todas as articulações nos ambientes governamentais liderados e protagonizados pelo Governo do Estado da Paraíba” conclui.

O VIRTUS será inaugurado nesta quinta, dia 07 de abril, às 11h, no Centro de Inovação e Tecnologia Telmo Araújo (CITTA), localizado à Rua Aprígio Veloso, 1500 Bodocongó – Campina Grande – Paraíba. CEP: 584429-140.

Fonte: Geneceuda Monteiro