Consultor Cláudio Marinho fará palestra de abertura do Simpósio Internacional de Lazer e Qualidade de Vida

02 mai 2017

Ele defende um urbanismo mais inteligente e com capacidade para criar um ambiente mais sedutor para a indústria criativa. Assim é o pensamento do consultor Cláudio Marinho (Porto Marinho/Recife, Pernambuco), que na próxima quinta-feira, 04 de maio, estará em João Pessoa para apresentação da palestra de abertura do Simpósio Internacional de Lazer e Qualidade de Vida (SILAQ), evento que terá como tema Esporte, Turismo e Cultura para o Desenvolvimento Territorial. Marinho falará sobre O Porto Digital: narrativas sedutoras de um destino criativo no Centro Histórico do Recife, onde mostrará as vantagens em manter uma cidade unida pela sua cultura, história e avanços na área tecnológica. A palestra acontecerá às 17h30, no auditório da reitoria da UFPB.

Na compreensão de Marinho, uma cidade necessita ser mais “amável e tolerante” com as diferenças e com os estrangeiros que nela habitam. Para ele, na construção das cidades não pode haver diferenças entre os interesses econômicos e os sociais. “É necessário olhar o espírito do lugar. O lugar é o espaço com significados”, declarou. O consultor cita o exemplo do Porto Digital do Recife, onde foi possível reunir empresas de tecnologia da informação na parte mais história da cidade. “Conseguimos unir tecnologia, com a cidade histórica e com a sua cultura”, ressaltou.

Nascido na Paraíba, Claudio Marinho é engenheiro-urbanista e foi o coordenador, pelo Governo de Pernambuco, da política pública que criou o Porto Digital, estudo de caso que apoia a sua reflexão de mais de 30 anos de experiência no setor público e, posteriormente, como consultor de cenários e estratégias da Porto Marinho, sua empresa de consultoria sediada no bairro do Recife. A Porto Marinho possui, entre seus clientes, a Confederação Nacional das Indústrias, FIEPE, Grupo Brennand, SEBRAE, Prefeitura de Maceió, Governo do Estado de Pernambuco e o próprio parque tecnológico de Recife, o Porto Digital. Cláudio Marinho foi também secretário de Planejamento de Pernambuco (1988/89 e 2006) e Secretário de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente do Estado de Pernambuco (1999-2006).

SIMPÓSIO – O SILAQ tem como público alvo os gestores públicos, profissionais, pesquisadores e estudantes com atuação nas áreas do esporte, turismo e cultura. Além de Marinho, palestrantes do Brasil e exterior participarão do evento mostrando suas experiências, pesquisas e práticas de sucesso nas áreas do esporte, turismo e da cultura. Cada apresentação terá em média 20 minutos e, nos intervalos do evento, os participantes poderão conversar com os pesquisadores e convidados, além de trocar contatos e experiências de trabalho ou no campo da pesquisa científica. A abertura do SILAQ será na quinta-feira, 04 de maio, às 17h30, no auditório da reitoria da UFPB. Os demais convidados se apresentarão na sexta-feira, 05 de maio, pela manhã e à tarde.

Na sexta-feira, dia 05, a partir das 8h30, os palestrantes serão: Helder Isayama (UFMG), Gabriel Andrade (Universidade Católica/Montevidéu-Uruguai), Xisto Medeiros (UFPB), Jose Luiz Paniza (Universidade de Granada/Espanha), Marcelo Nascimento (Universidade Unati/Univasf), Astrid Bibiana (Universidade Pedagógica Nacional/Bogotá-Colômbia), Roberto Ferné (Università di Bologna/Itália), Inmaculada Puertas (Universidade de Granada/Espanha), Danylo Aguiar (turismólogo, gestor cultural, consultor em Turismo e Economia Criativa), Mestra D´Oci (idealizadora da Escola Viva Olho do Tempo), Dilma Brasileiro (UFPB) e Luzia Neide Coriolano (Universidade Estadual do Ceará). Também estarão presentes no evento Regina Amorim (Sebrae) e Messina Palmeira (Abrajet).

Realizado pela Rede Paraíba em Movimento (RPM/LACESTUS/DEF/CCS/UFPB), Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PRAC/UFPB) e o Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFPB). O SILAQ tem ainda como parceiros o Sebrae/Paraíba, Convention Bureau, Fecomércio/Sesc Paraíba, Faculdade Maurício de Nassau, Instituto Federal de Educação da Paraíba (IFPB), Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet/seccional Paraíba) e Slow Hostel.

(Com Ascom)